quarta-feira, 17 de abril de 2019

Louva-a-Deus (Mantis religiosa)




Louva-a-Deus (Mantis religiosa)

Esta fotografia foi tirada no campo, é uma única foto, não é um stack de várias fotos.

Usei uma Nikon D610 com dois flashs, cada um com difusor, máquina e flashs montados num suporte Manfrotto 330B com triggers Yongnuo RF603NII

A lente é uma Nikon micro 105 f2.8 VR

Podem ver toda a montagem do equipamento neste video do meu canal no YouTube  https://youtu.be/BM0d4Si4jWI

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Pintassilgo juvenil


Pintassilgo juvenil

Nikon D610
Nikon Micro 105 2.8 VR
Flash SB910
ISO 100

Fotografado no campo

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Lagarta


Fotografado em estúdio
Nikon D610
Nikon Micro  VR 105mm f2.8
Dois flashes com difusor
Exposição: 1/200
Abertura: f16
ISO 125
Usei uns triggers YN 603N2

sábado, 14 de julho de 2018

Stack Abelha


Stack de 45 fotos
Nikon D610
2 Flash´s Nikon SB900 e SB910 a 1/32 com difusor.
Lente  Nikon 105 micro
Fotografado a 1/1 com ligeiro crop

sábado, 7 de abril de 2018

Escaravelho rinoceronte – Oryctes Nasicornis


Nikon D610
Nikon micro 105 f2.8 VR
1 flash em modo comando
2 flashs com difusores

Fotografado em estúdio, one shot

segunda-feira, 12 de março de 2018

Focus stacking



Stack de 120 fotos

Focus stacking



Stack de 60 fotos, feito em estúdio com carril programavél para focus stacking.
Nikon D610, fole de extenção, lente Nikkor 20mm invertida 2 flash SB910 1flash SB800
Focus Stacking

Focus stacking para uma maior profundidade de campo.

Esta é uma técnica que consiste em tirar várias fotografias com o foco em pontos diferentes, fotos estas que são posteriormente juntas no computador com um programa de edição que tenha a função para empilhar várias fotografias aproveitando apenas, em cada fotografia, a parte que está focada.
Nesta técnica podem ser usadas desde duas ou três fotografias até centenas.
Normalmente usa-se um empilhamento de muitas fotografias para objetos muito pequenos em que o aumento é muito grande, nestes casos tem de ser feito com um slider com controlador digital que permite tirar várias fotos em espaços iguais na ordem dos décimos de milímetro.
Uma coisa a ter em atenção é a iluminação, pois quanto maior é o aumento maior é a perca de luz, este é uma parte da qual falarei mais tarde, iluminação e lentes para aumentar.
Para os grandes aumentos com muitas fotos conseguem-se melhores resultados em estúdio.



domingo, 23 de agosto de 2015

Fotografado com barreira de infra vermelhos


Ambas as fotos: Nikon D200 Nikon Micro 105 2.8 3 Flashs Nikon SB900








sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Milky Way

Via Láctea

Foto da Via Láctea, esta é uma montagem de seis fotografias, apesar de ter sido fotografada com uma lente de 20mm 2.8 em Full-Frame a sua extensão obriga a várias fotografias.
Junto ao horizonte é visível a poluição luminosa apesar de ser longe de grandes centros.
Esta montagem é de 180º usei uma Nikon D610 a 3200 ISO e 20seg. de exposição cada fotografia.
Usei uma cabeça panorâmica instalada no tripé.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Filtros ND


Como usar e em que situações.

Os filtros mais comuns para as lentes são os de rosca, estes roscam directamente na lente, são mais pequenos porque são do diâmetro da lente e normalmente de vidro que apesar de ficarem mais pesados são mais resistentes, no entanto estes filtros só dão em lentes com aquele diâmetro de rosca.
Existem também os suportes de filtros, tipo Cokin P, Cokin Z e os LEE, que permitem usar os mesmos filtros em lentes diferentes.

Os filtros de densidade neutra retiram luz á fotografia sem influenciar as cores.

Estes filtros permitem usar diafragmas maiores e velocidades mais baixas, actualmente usa-se muito os filtros de plástico quadrados ou rectangulares, tipo Cokin Z, Cokin P ou LEE, estes estão disponíveis em ND integral ou gradual, existem também no mercado filtros idênticos a estes, de marca branca, mas devemos no entanto testar pois a maioria são de fraca qualidade e em alguns casos alteram a cores da imagem, os graduais são metade escuro metade claro e servem para escurecer uma parte da imagem quando existe uma grande diferença de luz, por exemplo em um pôr-do-sol, assim podemos anular esta diferença.

Sem filtro


Com filtro gradual ND4

Os filtros de 100mm (tipo Cokin Z) são indicados para o sistema full-frame pois evitam o vinhetado

No tema paisagem podem ver alguns exemplos.
São fáceis de usar e tem a vantagem de o mesmo filtro funcionar em todas as lentes que temos.

Utilização de filtro de 100mm em sistema full-frame

sábado, 17 de janeiro de 2015

Chapim-real Parus major




O Chapim-real é uma ave que habita em zonas florestadas de todo o género desde pinhais a matas.
É uma ave tímida, por isso não permite uma grande aproximação.
Para a fotografar de perto pode-se fazê-lo de modo camuflado mas eu optei por construir um ninho que foi pendurado em um muro alto durante o inverno, na primavera já o chapim estava a fazer o seu ninho lá dentro, a forma que escolhi para fotografar foi posicionar a máquina perto da entrada camuflada e accionada por controlo remoto, por forma a fotografar o chapim à entrada do ninho, todo este trabalho e espera teve a vantagem que também consegui fotografar as crias do chapim.
O material que usei foi uma Nikon D610 um flash SB910 e uma 70-300VR